terça-feira, 1 de agosto de 2017

RESENHA: Livro "Holding up the Universe" de Jennifer Niven

Mais uma leitura do ano que me agradou bastante! O livro foi em Inglês mas a resenha vai ser em português mesmo ;)
 "Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar todas as peças do quebra-cabeça para gravar na memória. Então ele usa marcas identificadoras, como o cabelo, a cor da pele, o jeito de andar e de se vestir, para tentar distinguir seus amigos e familiares. Mas ninguém sabe disso — até o dia em que ele encontra a Libby. Libby é nova na escola. Ela passou os últimos anos em casa, juntando os pedaços do seu coração depois da morte de sua mãe. A garota finalmente se sente pronta para voltar à vida normal, mas logo nos primeiros dias de aula é alvo de uma brincadeira cruel por causa de seu peso e vai parar na diretoria. Junto com Jack. Aos poucos essa dupla improvável se aproxima e, juntos, eles aprendem a enxergar um ao outro como ninguém antes tinha feito."
Holding up the universe chegou ao Brasil com o título Juntando os Pedaços. Narrado em primeira pessoa pelos personagens principais, o livro é escrito por Jennifer Niven, autora do best-seller "Por Lugares Incríveis" e a edição estrangeira lida possui 390 páginas.

Depois de passar pelos piores anos de sua vida trancada em casa por conta de seu peso, Libby retorna à escola 5 anos depois, já mais magra e com sua confiança supostamente restabelecida. A garota perdeu a mãe pouco antes de começar a engordar ao ponto de ser considerada a adolescente mais obesa dos Estados Unidos, o que a fez ficar "médio famosa". Depois de um acidente em sua casa, onde quase morreu junto com seu pai, ela resolveu mudar, emagrecer e decidiu tentar ter uma vida social novamente.

Jack é um dos caras mais populares do colégio, tem um jeito descolado e gentil, ao mesmo tempo, e anda com a galera mais zoeira possível. Tem uma namoro meio conturbado mas que todos invejam, pois são feitos um para o outro. Mas por trás do seu jeito simpático, do tipo que se dá bem com todo mundo, ele esconde um segredo que é essencial para descrever seu comportamento. O garoto possui um distúrbio que impede de reconhecer o rosto das pessoas. Ele só consegue reconhecendo por quaisquer outras características.

O destino resolve juntar esses dois adolescentes por conta de uma brincadeira pra lá de idiota, criada pelos amigos do rapaz, de perturbar garotas obesas ou apenas gordinhas. Jack, levado pela onda dos rapazes acaba mirando no alvo errado (ou certo, no caso). Libby, cheia de atitude, revida com um belo e certeiro soco no garoto. Ambas as ações levam os dois à diretoria da escola e como punição eles tem que frequentar àqueles encontros de orientação à "alunos-problema" e tal.

A partir daí, os dois vão se conhecendo melhor e uma série de mini-confusões e confissões acabam aproximando o casal e juntos vão descobrindo muitas coisas em comum e um romance nasce, mas não tranquilamente, óbvio! Libby é constantemente alvo de bullying por seu tamanho (mesmo mais magra) e principalmente por intimidar às pessoas não abaixando a cabeça para qualquer otário que a insulte.

A narrativa flui muito bem. Os capítulos são curtos e sempre alternados entre os dois jovens, com declarações divertidas mas às vezes bem profundas. A prosopagnosia é um assunto interessante em ser abordado, além do bullying, claro, que bem posto na trama pode render uma boa mensagem ao leitor. Os personagens são muito carismáticos e você termina a leitura já sentindo a falta deles. Um livro que agrada mesmo sem grandes ápices. Uma pedida bacana pra quem curte o gênero Young Adult.


3 comentários:

  1. "sem grandes ápices", exatamente!

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Gosto bastante de YA, acho que vou gostar da leitura desse :)
    Falam muito bem dessa autora.
    Gostei da resenha, beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
  3. Olá!! Obrigada pela resenha em português, queria a versão desse livro em português porque amei sua resenha e quero muito ler,parece que a história mexe conosco e faz pensarmos na vida de muitas maneiras. O tipo de livro que amo ler.
    Beijocas.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir

TWITTER