quarta-feira, 19 de julho de 2017

RESENHA: "Troco a bituca por 2 jujubas" de Marcos Araújo

Hi, wassup!? Mais uma resenha nessa semana! Mês de Julho promete. Dessa vez de uma leitura resultado da parceria com o autor e jornalista Marcos Araújo, que vocês conheceram nesse post AQUI.
TÍTULO: Troco a bituca por 2 jujubas
AUTOR: Marcos Araújo
PÁGINAS: 216
EDITORA: Autografia
 Um insólito encontro com o astro David Bowie, perdido no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro fez com que um estagiário de jornalismo, cheio de dúvidas sobre qual caminho seguir, repensasse toda sua vida.
Recordações de infância em fotogramas riscados e esquecidos. Medos e traumas que se transformaram em paranóias. A política ditadorial transfigurando a cultura de massa. O sexo e os amores perdidos sob o olhar cotidiano da metrópole. Os heróis sem máscaras embalados pelo pós-punk Londrino e o Carnaval da Sapucaí.
Encontros e Desencontros que poderiam estar presentes na história de um rapaz insano. De um astro do Rock ou na vida de qualquer outra pessoa. A sua, por exemplo...
Exatamente.. a sua vida.
Troco a bituca por 2 jujubas é um compilado de crônicas e mini contos escritos pelo autor e jornalista Marcos Araújo. O livro conta com 60 textos num total de 216 páginas. O livro teve lançamento em Outubro de 2016 pela editora Autografia.

O autor Marcos Araújo nos entrega um grande compilado de textos escritos desde 1998 até os dias atuais. O título do livro remete à primeira crônica escrita que retrata o inusitado (e mágico!) encontro do mesmo com o seu maior ídolo, David Bowie. Marcos no faz sentir como se Bowie fosse nosso próprio ídolo e a experiência fosse nossa, algo inesperado e incrível que só sabe quem já passou por algo parecido (meio difícil hein!).

No decorrer do livro o autor nos deixa conhecer sobre sua vida através de memórias e infinitas referências ligadas ao seu gosto cultural, principalmente seus ídolos musicais. A grande maioria são bandas e cantores que dominaram o cenário de décadas atrás. Se você curte essa vibe de rock e pop dos anos 80 sinta-se à vontade e troque figurinhas com o autor lendo as páginas de Troco a bituca por 2 jujubas.

Alguns dos textos não são exatamente sobre sua vida, ao menos, não de forma explícita. Temos acesso a algumas histórias, uma espécie de contos narrados em terceira pessoa, com personagens fictícios e experiências bem coerentes com a atmosfera da obra num todo. Críticas e desabafos sobre a liberdade de expressão e a geração "mimimi" também são alvos do autor que tem uma visão mais profissional do assunto, devido à sua formação e experiência.

Há textos estranhos, engraçados, reflexivos e tristes. Mas todos têm duas coisas em comum: são interessantes e muito bem escritos. Definitivamente um livro pra quebrar o ritmo das leituras de romances e ficção. A qualidade do material é inegável, "fechando o pacote" do que já sabemos ser de bom gosto: o título e a capa. O autor e a editora Autografia estão de parabéns!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TWITTER