sexta-feira, 7 de abril de 2017

RESENHA: Livro "Uma história incomum sobre livros e magia" de Lisa Papademetriou

Hey meus queridos, tudo bem? Dia de resenha por aqui. Dessa vez a obra que trago pra vocês é um daqueles livros de quebrar a rotina de leituras pesadas. E olha...funcionou direitinho. Vem conferir!

TÍTULO: Uma história incomum sobre livros e magia
AUTOR: Lisa Papademetriou
PÁGINAS: 204
EDITORA: Arqueiro
Duas meninas encontram um livro mágico e cada uma se vê envolvida numa história que parece ser contada sozinha.
Kai chega ao Texas para visitar sua tia-avó Lavinia – uma senhora extravagante, durona e fã de hip-hop. Do outro lado do mundo, no Paquistão, Leila deseja ser tratada como uma princesa pela família de seu pai e viver fortes emoções.
Elas só não fazem ideia de que seus mundos completamente diferentes ­estão prestes a se chocar graças a um enigmático livro em branco.
Quando Kai escreve no livro, suas palavras magicamente aparecem no exemplar de Leila. As meninas então percebem que O cadáver excêntrico reage a cada frase acrescentada – não importa se foi inspirada pelo ataque de um chihuahua ou por um mal-entendido com uma cabra – com um trecho da história de amor vivida por Ralph Flabbergast e Edwina Pickle mais de cinquenta anos antes.
Uma história incomum sobre livros e magia entrelaça essas três perspectivas – de Kai, Leila e Ralph – de uma forma divertida e emocionante. É uma narrativa mágica sobre o destino e os laços invisíveis que nos ligam uns aos outros. 
Uma história sobre livros e magia é um livro juvenil de fantasia com 204 páginas escrito por Lisa Papademetriou e lançado pela editora Arqueiro em 2016. Narrado em terceira pessoa o livro altera seus capítulos entre as duas protagonistas: Kai e Leila.

Kai é uma menina violinista que está se mudando para o Texas para passar um tempo com sua tia-avó Lavínia enquanto sua mãe resolve alguns problemas profissionais. No início imagina que terá dificuldades de se adaptar morando com uma parenta tão excêntrica numa cidade desconhecida. Mas logo após arrumar uma pequena confusão no primeiro passeio sozinha, a garota acaba conquistando uma amiga, Doodle, uma menina com uma paixão peculiar: caçar mariposas.

Leila é a outra protagonista da história, é americana mas está no Paquistão passando as férias na casa da família paterna. A garota é uma sonhadora amante dos livros. Planeja fazer muitas visitas no país e conhecer melhor a cultura dos familiares, assim como viver uma aventura que até agora não aconteceu na sua pacata vida.

Ao mesmo tempo, essas duas meninas encontram um livro em comum e incomum. Intitulado de "O Cadáver Excêntrico" o misterioso livro parece estar vivo, aparecendo e se destacando em seus quartos, e o mais louco de tudo, escrevendo "sozinho" e até respondendo o que as meninas escrevem. O livro possui uma história contada mas que ao mesmo tempo pode ser alterada se as garotas quiserem, assim como influencia a vida de ambas.

Mesmo que zilhões de quiilômetros de distância, todas as aventuras vividas por Kai com sua amiga Doodle e Leila com seus vários primos, no final acabam fazendo tanto sentido, com detalhes que nos passam despercebido e com o decorrer dos fatos.

A sinopse do livro traz uma leve impressão que Lavínia, a tia-avó de Kai, será um personagem de destaque, por se mostrar muito interessante mas é uma pena que ficou bem secundária na trama, pois a senhorinha é uma figura! As protagonistas são muito jovens, não espere por romances ou coisa do tipo. O foco está no mistério da história por trás do livro mágico e das aventuras vividas pelas meninas.

Uma leitura fluida, rápida e divertida. Aquele tipo de livro pra quebrar uma rotina de leituras pesadas. Foi meu objetivo e felizmente, alcançado com sucesso! Nada de tão extraordinário mas não chega a decepcionar. Esteticamente o livro é lindo, mais um belo trabalho da editora.

Espero que tenham curtido. Beijo na alma 😉

9 comentários:

  1. Otima resenha, parece ser um livro relaxante mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Oi! Tudo bem ?
    Muito boa sua resenha ! Achei muito linda a capa da livro e eu amooo histórias que fogem da realidade ! Já quero

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante a história, bem leve mesmo para descontrair. Parabéns pela resenha! Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Oi! Eu já peguei neste livro várias vezes nas lojas americanas e pensei em comprar, mas percebi que ele não faz meu estilo então acabei não comprando. Obrigado pela dica!

    ResponderExcluir
  5. Parece ser um livro bem fofinho, a capa é maravilhosa, gosto de livros sobre livros!
    Adoro, mas tenho me decepcionado. Vou anotar a dica! bjos

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da sua resenha, despertou minha curiosidade, a capa é bem chamativa e acrescentei a minha lista de leitura.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Oi Rodrigo! Essa capa chama a nossa atenção né?
    Antes mesmo de ler a sinopse já fiquei com vontade hauhauhauhuahuhauha
    E parece ser aquelas leituras bem rápidas. Quero <3
    Beijos

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  8. Que louco esse livro que se auto escreve. Não quero encontrar um desses, ou se encontrasse, seria muito louco. Sua resenha ficou incrível e fiquei curioso para ler.

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Gostei muito deste livro. Achei bem bacana o fato de o livro ser leve e quebrar a rotina, isso é ótimo pra quando a gente está naquela ressaca literária e não consegue ler nada.
    Vou anotar a dica, pois venho namorando essa capa faz tempo

    ResponderExcluir

TWITTER