segunda-feira, 21 de novembro de 2016

RESENHA: Livro e Filme "As Vantagens de ser Invisível" de Stephen Chbosky

Olá meus amados leitores. Tudo bem? Hoje venho trazendo uma resenha dupla desse livro/filme que tenho certeza que é o favorito de uma galera aí. Bom, vamos às minhas conclusões...
Cartas mais íntimas que um diário, estranhamente únicas, hilárias e devastadoras - são apenas através delas que Charlie compartilha todo o seu mundinho com o leitor. Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça. Uma leitura que deixa visível os problemas e crises próprios da juventude.
As Vantagens de ser Invisível é um livro narrado em primeira pessoa, no formato de uma espécie de diário, lançado pela primeira vez nouma adaptação para o cinema 5 anos depois. Lançado pela editora
Brasil em 2007. O Romance escrito por Stephen Chbosky, ganhouRocco, o livro possui 223 páginas, com capa no formato brochura e folhas brancas.
Charlie é um adolescente de 15 anos enfrentando as típicas experiências vividas por um adolescente no final dos anos 80 em alguma cidade americana. O garoto narra através de cartas para um amigo desconhecido seus dias a partir da época em que começa a enfrentar difíceis situações de convívio escolar e familiar, ao tentar superar a morte de seu melhor amigo.

Ao iniciar o ensino médio, Charlie conhece Sam, uma linda garota por quem se apaixona instantaneamente e Patrick, irmão de Sam. Ambos são mais velhos e mais descolados do que ele. Contudo, os irmãos abraçam a amizade, estranheza e imaturidade que Charlie possui, tornando-se assim os melhores amigos do garoto.

Logo Charlie descobre um mundo antes desconhecido por ele: festas, drogas, sexo e muito drama o qual ele não está preparado, mas enfrenta da forma que pode. Além da perda do amigo, Charlie carrega um sofrimento mais antigo, a morte da tia, sua pessoa favorita no mundo. Seu passado deixou cicatrizes que atrapalham seu desenvolvimento como pessoa, lhe causando ansiedade e sintomas de depressão.

O ensino médio pode trazer inúmeras experiências para um adolescente, quem passou ou está passando por essa fase sabe que não é fácil, principalmente quando você não se encaixa em nenhum determinado grupo. Para o protagonista não será diferente, mas as amizades verdadeiras conquistadas e as coisas certas e erradas a serem feitas irão construir essa etapa da vida de Charlie.

Os personagens Sam, Patrick e um professor de Charlie chamado Bill, são queridíssimos e podemos dizer que são "as melhores pessoas"😍. As músicas, bandas e filmes citados é algo bem curioso e interessante, pois na leitura, dá pra você acompanhar aquele clima de final da década de 80 e início da 90. Uma época muito boa musicalmente falando.

Há dois anos eu tive a experiência de assisti-lo e fiquei extasiado! O elenco foi o que mais me atraiu, pois nunca tinha visto o livro antes. Logan Lerman (Percy Jackson) estrela o filme interpretando Charlie, Emma Watson (Hermione de Harry Potter) faz o papel de Sam e Ezra Miller (Precisamos falar sobre Kevin) é o adorável Patrick. O elenco ainda conta com Nina Dobrev (Elena de The Vampire Diaries) fazendo a irmã de Charlie e Paul Rudd (Ant-Man) como o professor Bill completando o quadro de atores queridos. Esse elenco definitivamente chama a atenção de qualquer cinéfilo que se preze.

O filme tem duração de 1h e 43min mas passa voando pois é  muito bem sequenciado em relação aos acontecimentos do livro. Posso garantir com segurança que o longa foi bem fiel à história original, agradando demais a quem leu o livro primeiro. No meu caso foi o contrário e fiquei incrivelmente satisfeito por saber que os dois são ótimos e você não vai se decepcionar de seguir a sequência não habitual.

As frases icônicas do livro se tornaram também cenas inesquecíveis no filme. É lindo e melancólico de se ver. No mais, espero que se tenha feito entender e ajudado a alguém a se decidir a ler ou assistir a obra. Beijo na alma! 😉

TRAILER

11 comentários:

  1. Aaah esse livro, esse filme... ❤️

    Vi primeiro o filme e decidi ler o livro em inglês pq a escrita parecia ser fácil e bom pra treinar... nem preciso dizer que me apaixonei né...
    Vc se afeiçoa muito com o charlie que é um garoto bem peculiar e o que vc vai vivendo com ele no livro é mágico.
    Amei super!

    Livia

    Www.tipocoelhos13.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Sou a única que nunca leu o livro ou assistiu o filme por completo? Todo mundo fala mega bem dessa obra! Tenho que verificar pra ontem!! Gostei muito da sua postagem e a forma que você escreveu.

    ResponderExcluir
  3. Hey, Rodrigo!

    Não vi o filme, mas já li esse livro e gostei bastante.
    Me lembro que na época, eu até cheguei a refletir na injustiça das coisas. Todo mundo faz o maior barulho quando uma menina é abusada - e é pra fazer mesmo! -, mas isso não acontece com muita frequência quando o abusado é um menino, né?

    O livro é uma graça e me fez pensar sobre várias coisas. :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oiee
    Eu só assisti ao filme e amei,
    O livro ainda não tive a oportunidade de ler, mas sem dúvidas quero muito.
    Gostei demais desse estilo de resenha paralela, porque nos permite conhecer a obra por dois ângulos.
    Beijoos

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Ainda não li a obra e nem assisti ao filme. Meu marido está lendo e agora fiquei com vontade de tomar dele e ler para poder assistir ao filme que apresenta um elenco muito bom.
    A premissa é bem interessante, porém um tanto clichê. Mas quero conferir essas novas aventuras que Charlie terá após conhecer Sam e seu irmão.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, Rodrigo.

    Já assisti o filme e gostei bastante, espero revê-lo em breve. Quanto ao livro, parece ser muito bom, mas por enquanto não tenho grande vontade de lê-lo.
    Realmente esse elenco é de chamar atenção de qualquer cinéfilo, sou apaixonada pela Nina e Emma! <3

    Beijo,
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi!

    Eu assisti o filme antes de ler o livro, mas não adianta, o livro sempre vence a disputa hahaha

    Ambos são muito bons, e mesmo que o filme não seja 100% fiel à história do livro, ainda assim é bem legal, principalmente pelos atores <3

    Mas o livro me emocionou mais!

    ResponderExcluir
  8. Livro chato e filme lindo! Eu gostei do livro, não me entenda mal, mas achei o filme tão bom e tão denso que já assisti várias vezes. Beijos e sucesso!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  9. Oie
    sou bem suspeita em falar do livro, é uma historia que eu adoro e que me comove muito, o filme é muito legal, adorei ver a resenha por aqui

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. o livro e o filme são um dos meus favoritos da vida kkk eu amo a história do charlie amoooooooo sou o personagem do ezra o patrick vulgo nothing kkk gente esse filme/livro é lindo demais, eu revejo o filme quase sempre, o minimo de 5 vzs no ano kkkk

    ResponderExcluir
  11. Olá Rodrigo, eu não li o livro, mas vi o filme, e gostei da escolha do personagens, ficou bem encaixado, a história é bem típica mas gostei do enredo. Bjs

    ResponderExcluir

TWITTER