segunda-feira, 16 de maio de 2016

RESENHA : Mangá "All You Need Is Kill" Volumes I e II

E aí pessoas lindas! Tudo bom? Post especial e super bacaninha. Primeira vez que concluo um mangá e trago a experiência pra vocês juntamente com a resenha. Demorou mas chegou :)

A humanidade está em uma guerra nunca antes vista. Os inimigos são alienígenas chamados "Mimetizadores ". O soldado Keiji Kiriya e a ''valquíria'' do campo de batalha Rita Vrataski, fazem parte de uma tropa especial. Porém, Keiji está preso em um ciclo de batalhas intermináveis e, agora, somente ele vive no limite do amanhã!
All You Need Is Kill (Tudo que você precisa é matar) é um mangá de ficção científica de apenas dois volumes. A História original é de Hiroshi Sakurazaka com Storyboards de Ryosuke Takeuchi e arte de Takeshi Obata. A Edição lida por mim é a de volume único, que no total somam 432 páginas lançada pela editora especializada em mangás JBC.

Keiji Kiriya é um jovem soldado japonês e está se preparando para a primeira investida no campo de batalha contra os Mimetizadores. Estes são os alienígenas que vieram de um planeta desconhecido e o único objetivo aparente é o extermínio da humanidade. Sem contato e sem clemência eles gradativamente estão conseguindo, com sucesso, destruir nosso mundo. Keiji faz parte de uma unidade que usa armaduras mecanizadas criadas especialmente para o combate contra os mimetizadores. A base militar a qual ele está servindo se localiza no Japão e é a melhor preparada para o combate justamente por ser a única capaz de produzir as tais armaduras blindadas.

No "grande dia", como previsto, ocorre a difícil batalha, o destino de Keiji e da maioria é obviamente a morte! Mas no exato momento que a sua vida se vai, ele acorda. Tudo não passou de um sonho. Ao acordar ele começa a perceber que tudo que acontece, todos os detalhes, são familiares e parecem repetidos. Ainda neste dia ele conhece Rita Vrataski, também chamada de "Cadela do campo de batalha". Leva esse nome pois é considerada a melhor soldado de armadura que há. Ela faz parte de um batalhão de "elite" americano.

Os fatos estranhos prosseguem com a sensação de que Keiji já conhece Rita, independente da fama que ela possui. Passado o dia e chegado o momento da batalha, a morte o encontra novamente. Ele acorda, dessa vez mais confuso, mas tudo se repete até a batalha, no qual morre novamente, e acorda, e o dia passa e morre e... Ele então começa a perceber que está preso num looping infinito do dia da investida.



Keiji tenta entender esse pesadelo constante que o assombra e o mata. A aproximação de Rita é essencial para encontrar as respostas. Só ela é capaz de acreditar nele, entender e ajudá-lo. A história dela de como se tornou a grande heroína de guerra é forte, triste e intensa. O capítulo mais interessante de toda a edição.

O Leitor fica tão confuso quanto os personagens, se perguntando como Keiji conseguirá sair do Looping mortal e o quanto é importante o papel de Rita nessa história. O Desfecho é simplesmente incrível e o laço que rola entre os personagens encantador. Numa realidade de guerra e destruição, a coragem e a esperança são como o sangue e oxigênio: essenciais e vitais!

Sobre minha primeira experiência lendo mangá? Maravilhosa! Tanto que dei uma pausa nos dois capítulos finais porque não queria acabar. Mas né...  ¯\_(ツ)_/¯

Como comentei anteriormente, adquiri a edição especial que é o volume único. Os gráficos, arte, material... é tudo maravilhoso! Já quero mais, vários, todos! Hahaha.


O Motivo por eu ter escolhido esse mangá como o primeiro é que já conhecia a história. Há uma adaptação hollywoodiana cinematográfica lançada em 2014 pelos estúdios Warner chamada "Edge of Tomorrow", aqui no Brasil "No Limite do Amanhã". O Filme é estrelado por Tom Cruise e Emily Blunt. Como o personagem principal no longa é de nacionalidade americana, o que era pra ser Keiji se torna Bill Cage. Mas a Emily  interpreta a original Rita Vrataski. 

Já devo ter visto esse filme umas 10 vezes. Sou fã de ficção científica, principalmente daqueles estrelados por Tom Cruise, pois são sempre repletos de ação. O Longa porém não segue à risca o original, mas isso não é surpresa considerando a fama das adaptações de filmes hollywoodianos né!?

De qualquer forma se você não é chegado a ler mangás, ou se interessou levemente pela história, mas mesmo assim não o leria, indico o filme, pois a produção, atuação, efeitos etc, tá tudo lindo!

Espero que tenham gostado da resenha e indicação. Segue o trailer do filme. Beijo na Alma de vocês!


16 comentários:

  1. Caramba! Não sabia que existia um mangá que tem a mesma história que No Limite do Amanhã. Como apaixonada por mangás que sou, sempre gostei de ficção, mas infelizmente com o passar dos anos eu meio que parei de ler e dei uma bela pausa. Espero logo voltar esse livro estará na fila. Beijo!
    O Reino Encantado de uma Leitora

    ResponderExcluir
  2. Comprei esse mangá pelo mesmos motivos que você. (Está no meu book Haul de abril)
    Eu adoro mangás, tenho diversos, mas queria algo mais curto, após pesquisar encontrei esse. Dai, pesquisei mais a fundo e descobri que ele teve a adaptação, NO LIMITE DO AMANHÃ. Eu já tinha assistido e gostado desse filme, mas, nem sabia dessa noticia. Fiquei ainda mais animada.
    Adorei sua resenha, estou ansiosa pra ler e fazer a minha.
    Abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  3. Excelente sua resenha! Quanto ao livro não conhecia, para ser sincera, mangás nunca despertaram meu interesse, mas, fiquei curiosa, e, costumo dar uma chance a todos os textos, até mesmo pelo fato de eu escrever também, e esse bem curtinho, então, por que não? Pretendo ler esse também. Obrigada pela dica! Estou seguindo suas redes sociais, querendo e gostando, seja bem-vind@ as minhas redes também. http://www.cristinadeutsch.org/
    Saudações literárias.
    Beijos no ♥
    CD

    ResponderExcluir
  4. Oiii,
    Olha se eu falar que o único mangá que já li foi Naruto vai rir de mim? rsrs
    Isso porque nem completei, mas eu adoro naruto fazer o que, sou leiga nos outros, mas tenho amigos totalmente viciados neste universo, irei indicar esse para eles, isso se já não leram né? rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Não conhecia os mangás nem o filme, mas me interessei muito por ambos, todos parecem ser ótimos.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Nossa eu naõ tenho muito costume de ler mangás mas esse realmente parece interessante e as ilustrações são bem bacanas. Meu namorado que é um fã ávido iria adorar e vou indicar para ele. Adorei o plus tb do filme, adoro todos os trabalhos do Tom Cruise e espero poder assistir esse em breve.

    Abraços
    colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. ainda não vi o filme, mas depois que li os mangás fiquei interessada em assistir... os meus são dois volumes, mas tem um tempinho que li, a história é incrível, e aquele final me deixou boquiaberta... eehheh
    bjs...

    ResponderExcluir
  8. Oioi! Tudo bem?
    Sou mto fã de mangás e nao conhecia esse All You Need Is Kill.
    Prefiro mangás do que animes, uma pena que é tao caro.
    Achei a hsitoria bem boa e do jeito que eu gosto.
    Otima dica, vou tentar ler.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bem? Esse mangá são só 2 volumes? Gostei, ja me interessei de cara porque geralmente as séries de mangás são tão longas e é tão difícil completar coleção pra ler. Mas enfim, me interessei pela premissa também e vou procurar pra comprar assim que puder!

    ResponderExcluir
  10. Sinceramente eu já mais saberia da existência desse mangá, até porque faz anos que não leio esse tipo de livro. Fiquei curioso agora para assistir o filme, que inclusive eu já ouvi falar, mas não me recordo de ter assistido.


    =)

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Já cheguei a ler alguns mangás mas acabei parando e até já me desfiz dos que eu tinha.
    Confesso que até achei a trama interessante mas não sei... Apesar de ter despertado minha curiosidade, provavelmente não é algo que eu leria, já que não curto muito ficção científica, mas o filme com certeza eu assistiria. Valeu a dica *-*
    Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Olá Rodrigo! Bah, faz tempo que não leio um bom mangá, fiquei curiosa para conferir a história de "All you need is kill" por já ter visto o filme que eu gostei bastante. A ideia central é muito interessante.

    umreinomuitodistante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá Rodrigo,

    Já faz muito tempo que eu não leio nada do gênero. Não conhecia esses, mas já assisti o filme e curti bastante.
    Adorei o post e vou aguardar os próximos do gênero.

    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Olá Rodrigo, não conhecia o mangá e pela sua resenha ele parece ser bem legal com um enredo diferente, adorei saber que ele não é longo, com só dois volumes, porque atualmente não estou lendo nada longo demais porque estou com uma fila de leitura imensa, enfim vou anotar a dica e assim que tiver chance vou lê-lo *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Apesar de ler bastante mangás não leio muito os de ficção, mas achei o traço bem bonito deste.
    O filme não creio que eu tenha visto, mas também posso estar confundindo. Boa indicação.

    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá!

    Nossa, já vi esse filme um milhão de vezes e nem sabia que era um manga!!
    Eu amo mangas, mas sempre escolho os mais assustadores, amo terror japonês! Mas vou anotar aqui, gostaria de ter essa duologia!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir

TWITTER