segunda-feira, 30 de maio de 2016

DESAFIO ACEITO: Romance histórico "O Último dos canalhas" de Loretta Chase

Olá pessoas! Segunda é dia de resenha de livro e hoje eu trouxe uma estrutura um pouco mais diferente das resenhas que trago. Trouxe uma pequena análise sobre o desafio que foi feito por um grande amigo para que eu lesse um romance de época. Vou apresentá-los o livro que li e o que achei da obra e do gênero.
O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela.

Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça.

Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insen- satos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais.

Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a der- rota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.
Escrito por Loretta Chase, O Último dos Canalhas é um romance histórico de 304 páginas lançado pela editora Arqueiro. O Livro foi presente de um amigo que me OBRIGOU a ler um romance de época, o mesmo sabia que eu nunca tinha lido e queria que eu quebrasse meu "preconceito" com o gênero. O Desafio foi aceito. E o resultado? Calma, vou explicar primeiro o porquê de eu nunca ter lido.

Sempre tive receio de livros românticos, com medo de ser clichês demais. Não que eu não goste de clichê, até gosto, mas juntam os dois fatores e já mantenho distância de tal tema. Mas o principal motivo de me "assustar" são, com certeza, os títulos e as capas. "O Último dos canalhas" me lembra logo aqueles romances bem mamão com açúcar. E ainda traz um garotão todo bonito na capa, outra coisa que jã não me agrada muito (pessoas nas capas).

Loretta Chase me foi apresentada como uma autora que traz muito erotismo na sua narrativa. Isso era outro aspecto que me desinteressava, pois o erotismo para mim tem que ser apenas uma "pitada" na história, e não o foco principal.

O Livro lido conta a história de um duque conhecido por vir de uma linhagem de canalhas. Vere Mallory é o último de sua linhagem e após sofrer com a perda de um querido sobrinho decide fazer jus à sua fama e a de seus antepassados. O Duque além de muito rico, é um lindo homem que desperta desejo em qualquer mulher.

Em Londres, uma jornalista chamada Lydia Greenville, vive de denunciar e lutar contra abusos de poder, violência e prostituição de mulheres. Sua coluna investigativa no jornal de onde trabalha é sempre muito lida, mas também muito perseguida pelos malfeitores que são denunciados. Lydia é uma mulher bonita, mas é totalmente dedicada a ajudar à moças desamparadas pela família, pela sociedade...pela vida!

A Colisão entre o exibido Vere e a ativista Lydia gera uma diversão garantida nesse livro. A paixão reprimida dos dois e os encontros falsamente espontâneos com certeza lhe fará dar boas risadas. Mais que isso, o que mais me impressionou é que o livro poderia facilmente ser classificado como um romance policial. Já que a profissão e os meios que Lydia usa para as investigações são ótimos. Dão um ar de suspense e nos deixa tão ansiosos quanto curiosos.

Definitivamente posso afirmar que minha experiência de ler essa obra foi de 100% satisfatória. Não pensei em encontrar feminismo, dramas familiares fortes e casos criminosos tão interessantes. Minha opinião sobre o título e capa continuam o mesmo rsrs. Mas me serviu de lição sobre esse julgamento tão supérfluo e me concedeu uma ótima leitura.

A Editora Arqueiro faz um belo trabalho se tratando em diagramação, com folhas amarelas, fonte confortável e um ótimo material em folha e capa. Se você compartilha(va) desse mesmo pensamento que eu, dê uma chance! Pelo menos essa indicação eu garanto que não decepcionará.

Espero que tenham gostado. Beijo na alma!




23 comentários:

  1. Eu já li esse livro e gostei muito, ainda mais por ser romance de época. Já li outros livros da autora e gosto muito de como ela desenvolve a ambientação e os personagens também. Estou ansiosa para conferir mais tramas escritas por ela. Adorei sua resenha ;)
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Todos estão falando tão bem desse livro que já estou curioso para ler, mesmo não sendo do meu estilo acho que vou dar uma oportunidade... Parabéns ótima resenha.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  3. ´Oi, como vai?
    Adorei sua resenha! E amo romances de época, por isso, abrirei uma exceção, pois, não gosto de série, mas, como gostei da personalidade da garota, é um tanto incomum pra época...fiquei curiosa. Obrigada pela dica!
    http://www.cristinadeutsch.org/
    Saudações literárias.
    Beijos no ♥

    ResponderExcluir
  4. Oiii Rodrigo, tudo bem?
    Eu amei a sua resenha, muito bem escrita, mas diante disso a obra não me chamou a atenção, é um gênero que raramente me agrada e esse livro não conseguiu, pularei a dica da vez.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Olá, Rodrigo!
    Eu também super tinha um "preconceito" com romances de época e quando li "O Duque e Eu", da Julia Quinn, me apaixonei pelo gênero!
    Eu nunca li nada da Loretta, mas morro de vontade! Sua resenha me deixou ainda mais curiosa pelos livros dela.
    Também acho as capas bem breguinhas, viu hahaha!
    Espero ler esse livro em breve. Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. bem, minha aversão ao estilo é tbm pelas capas, pelos títulos e eu já li vários e não consegui encontrar nada além do 'mais do mesmo'... tirando alguns dos clássicos, prefiro evitar esse tipo de leitura... mas que bom que vc ficou surpreendido com O último dos canalhas...
    bjs...

    ResponderExcluir
  7. Rodrigo, parabéns pela iniciativa de aceitar o desafio e que bom que você gostou e se surpreendeu com a história, não é muito meu gênero, mas quem sabe eu leia algum dia para experimentar.

    ResponderExcluir
  8. Eu adorei esse livro, sério. Achei o enredo super empoderador apesar da escrita da Loretta ser um pouco mais pesada do que eu realmente estou acostumada.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho MUITA vontade de ler esse livro, eu não tenho o costume de ler romances de época por ter medo de não conseguir me acostumar haha mas eu preciso sair dessa área de conforto! Missão de 2016 é ler romance de época também!
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Eu ainda não li esse livro e estou muito curiosa por essa história, pois li o seu antecessor e realmente apaixonei pela escrita da autora. Fiquei feliz em saber que a leitura é produtiva e espero ler em breve.

    Abraços
    colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá Rodrigo tudo bem, parabéns pelo desafio, ótima escolha, digo isso por que adoro romances de época, na verdade O ultimo dos canalhas não é romance histórico por que quando falamos dessa vertente o livro faz referencias a fatos reais no livro, então esse livro se encaixa no romance de época, aquele romance mamão com açúcar como vc descreveu e que eu adoro ler kkkk. Sua resenha está ótima. Parabéns. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi Rodrigo, tudo bem? Para aqueles que não são fãs de romances de época, é difícil ler a primeira vez, mas nada que um primeiro passo para mudar nossa opinião, concorda? As pessoas gostam de gêneros diferentes, isso é fato, mas não é impossível nos abrir a novas experiências rs Li várias resenhas sobre esse livro, e gostei muito da sua perspectiva, ainda mais por mostrar que tem suspense, meu gênero favorito de livro. Excelente resenha. Beijos, Érika ^^

    ResponderExcluir
  13. Oi ^^

    Romances históricos não são muito o meu forte e ultimamente tenho evitado lê-los.
    Houve época em que eu lia bastante o gênero, mas acho que acabei saturada e vendo histórias se repetindo :(

    Mas fico feliz por ver que você concluiu muito bem este desafio \o/

    ResponderExcluir
  14. Ro, quando descobri do desafio fiquei louca para ler essa resenha... hahaha. Que bom que gostou do livro, ele está na minha booklist há um bom tempo já. Sair da nossa zona de conforme é um pouco difícil, mas vale a pena.

    Beijos

    http://meninasnaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Rodrigo!
    Que bom que a sua experiência com romances de época te agradou.
    Apesar dos clichês, não adianta, todos são um pouco clichês, eu amo romances de época!
    Ótima resenha.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Eu também tenho receio com romances românticos pelo mesmo motivo. Quanto ao erotismo, ele até pode ser o foco principal, contanto que seja bem trabalhado e não fique no clichê. Que bom que sua experiência com o título tenha sido prazerosa, realmente, às vezes nos surpreendemos.

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Mais uma vez volto a escrever, faz anos que li um romance de época e ainda não me sinto pronta pra voltar ao gênero. Nada contra, sério. Estou numa vibe de livros de terror, suspense, mistério...
    Vamos ver mais pra frente. Mas, já está anotado essa série.
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  18. Eu amo romances, mas nunca me aventurei pelos de época, proque acho que não vou conseguir deixar a leitura fluída, acho que preciso ser igual você e dar mais espaço a gêneros que não me vejo lendo, para me assim me tornar uma leitora melhor. Adorei saber que aprendeu com o preconceito. - Joanna Amaro.

    ResponderExcluir
  19. Oiee! Que bom que aceitou o desafio do amigo, e, mais ainda, que gostou tanto da obra. Eu adoro romances de época, mas antes de me render ao gênero tive os mesmos pré conceitos que você. Adorei a resenha! Já coloquei o livro nos desejados e espero de verdade ter a oportunidade de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oi Rodrigo, tudo bem?
    Adorei sua resenha!!! Eu tive a mesma experiência com o tema de zumbis, não gostava de jeito nenhum, mas uma amiga e uma blogueira querida gostavam tanto, mas tanto, que de tanto elas falarem me rendi e não me arrependo, risos.... Já li várias resenhas sobre esse livro, mas gostei muito da sua visão. Parece ser divertido, tem suspense, tem romance, impossível não querer ler!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oie!
    Adorei a sua resenha por trazer uma impressão diferente sobre o seu preconceito com o gênero. Infelizmente em alguns casos com romances de época há o cliché e o erotismo e só. Mas várias autoras que fogem da mesmice ao escrever romances de época vem ganhando grande destaque no mercado editorial por abordarem também outros temas. Eu já li o livro antecessor e espero ler esse em breve.
    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  22. Poxa, estou super interessada em ler esse livro agora! Venho desviando e contornando ele faz alguns meses, já. Vou me esforçar para lê-lo!
    Até!

    ResponderExcluir
  23. Oi, Rodrigo, gostei do blog. Seguindo-o.

    Loretta Chase é mais uma das autores que eu nunca tinha ouvido falar mas que sou convencido a conhecer depois de uma resenha. Ela é americana?

    De novo, parabéns pelo blog e igualmente pela resenha. Bem sincera, rs.

    ...............

    Curte contos? Fica o convite para ler os que publico em meu blog.

    Roberto Camilotti: blog de literatura.

    ResponderExcluir

TWITTER