sábado, 16 de abril de 2016

RESENHA : Livro "Para que os vivos e os mortos descansem em paz" de Danilo Otoch

Olá queridos! Quanto tempo hein!? Estou com "problemas técnicos" e por isso muito ausente do blog. Mas nessa folguinha do fim de semana aproveito para vos trazer mais uma resenha de uma leitura bem diferente que fiz ultimamente. O Livro foi cedido pela editora Cultura em Letras Edições. 
O livro refaz o longo trajeto histórico da ditadura brasileira, quando, anos depois, dois homens reencontram e sequestram seu ex-torturador, obrigando-o a revelar todos os esquemas do regime militar e o envolvimento de políticos, civis e as forças militares com a barbárie da tortura no país. Elaborado a partir de um minucioso trabalho de pesquisas do autor Danilo Otoch, o livro é, também, uma excelente oportunidade de conduzir os leitores de volta à uma época marcante do Brasil, conhecida como “os anos de chumbo” de um país rebelde manchado de sangue e morte.
A Obra narrada em primeira pessoa é um misto do gênero policial e suspense psicológico com elementos históricos. O Autor Danilo Otoch é formado em história, policial e além deste romance, escreve contos e poesias. Então espere um livro carregado de conhecimento sobre o tema abordado.
Quem conta a história é Marcos, um professor universitário, separado e com filhos que vive uma vida tranquila sozinho. Quando é abordado na rua por um homem que ele já havia reparado que estava lhe seguindo, nem imaginava que tal fato mudaria sua vida para sempre...de novo!

O Homem que o perseguia era João. Seu antigo amigo e companheiro de luta contra a repressão vivida na época da ditadura militar. Não se viam há mais de 20 anos. E o reencontro inesperado trazia uma grande surpresa que Marcos jamais poderia imaginar.

João veio com a proposta mais bizarra ou brilhante, ou inúmeros adjetivos opostos possíveis para tal coisa. Acontece que o antigo companheiro tinha encontrado e estava vigiando a cuidadosos passos Asmodeu, o homem que torturou Marcos, João e seus companheiros de esquerda. Os dois dividiram as "aventuras" com Carlos, que não sobreviveu à época. O Plano de João era : Sequestrar Asmodeu e lhe obrigar a contar onde se encontram os corpos dos companheiros desaparecidos que até então ainda não tinham sido encontrados. Principalmente o de Carlos. Os três eram amigos de infância, cresceram e lutaram juntos. Ou seja, o objetivo tinha um valor sentimental muito forte, além da sede de vingança justiça.

João era um homem altamente perfeccionista e metódico, que calculou cada pequeno detalhe do plano e tinha um senso persuasivo que instigou Marcos a embarcar naquela aventura. O Plano não tinha como dar errado por inúmeros motivos, principalmente devido a atual situação do "Dr. Asmodeu" que já estava decadente: velho, obeso e alcoólatra!

O Plano executado pelos dois homens dá certo? O Tranquilo Marcos com o neurótico João formam uma boa dupla para tal crime? Se o sequestro se torna vingança ou justiça, o leitor que tem que aprender a dar as medidas na balança. Mas de uma coisa tenha certeza : O Autor não deixou passar nada. Não mediu palavras na hora de contar fatos sobre as torturas da época. Ressalto isso porquê sim! É algo que vem de imediato na cabeça assim que o tema "Ditadura Militar" é citado.

O Livro possui um número muito pequeno de personagens e o foco é realmente a busca por respostas que ninguém se atrevia a fazer até então. Pelo menos não diretamente a alguém com papel tão grande e cruel nessa história. Os personagens e ambientes são incrivelmente bem descritos. Até pensei que haveria muita ação, mas não. O Foco é nos tirar o fôlego, mas de outra forma : com a crueldade baseada na realidade que muitos viveram há mais de 50 anos atrás.
A obra realmente remexe a história e mexe com o nosso psicológico. Põe o leitor pra refletir não somente de um lado. A Narrativa apesar de crua, é bem fluída. Quase não há erros de revisão, mas alguns são insistentes porém relevantes. Fiquei um pouco decepcionado apenas pela falta de ação, mas o final foi digno de um livro que certamente tinha a intenção de marcar o leitor para sempre, assim como a história marcou nosso país.

O Livro possui folhas brancas mas a fonte é super confortável. Os capítulos são numerados e a arte da capa é incrível! O Exemplar foi cedido pela Cultura em Letras Edições que é parceira do blog e já foi apresentada neste post AQUI.

Espero que tenham gostado da resenha. Pra quem gosta da temática ou é curioso, a obra é indispensável!

Beijo na Alma e até logo!

27 comentários:

  1. Fiquei muito interessada nesse livro. São poucos os que tem como fundo um Brasil tão sombrio como o daquela época. E, nos dias de hoje, livros como esse se mostram cada vez mais necessários.
    Amei sua resenha! Vou procurar por esse livro sem dúvidas.
    Bjs,

    http://umleitornooceano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Um livro com um tema muito pertinente para um Brasil como o nosso sem memória.Em determinados momentos do livro o autor usa de cores muito fortes mas infelizmente reais para mostrar o que esse pedaço obscuro de nossa história causou nos personagens.Para mim o fim surpreendente foi a cereja do bolo. Lí e gostei muito.

    ResponderExcluir
  3. Olá Rodrigo, tudo bem?

    Infelizmente este é um típico livro que aparentemente me chamaria a atenção. Mas foi só ler o início de sua resenha para perceber que acabei me confundindo no meio do caminho, rs. Jurava que era outra coisa :c . Ainda bem que isso aconteceu antes de comprá-lo hahaha. Vou indicar a leitura para minha colega colunista.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oii Rodrigo, que livro diferente do que atualmente estou acostuma a ler.
    Mas, falando sobre a ditadura brasileira já despertou total meu interesse que não é pouco hein hahahahahah sua resenha está incrível e vê se não some hahahaha
    Beijão

    ResponderExcluir
  5. Oi, Rodrigo! O livro me atraiu bastante, fiquei curiosa para ler, mas como estou com uma lista absurdamente grande, não poderei fazer isso tão cedo. :/

    ResponderExcluir
  6. Hey, Rodrigo! Tudo bem?

    Você sempre trazendo os livros que não conheço.
    Nunca li nada que remeta à ditadura e tenho muita vontade. E esse livro, além de tratar sobre isso, ainda é um policial/suspense.
    Já me ganhou!

    Vai pra lista de desejados e quero ler assim que tiver a oportunidade.

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Rodrigo, adorei sua resenha. Confesso que se fosse julgar pelo título eu deixaria passar batido, mas depois de ler a sinopse e as suas impressões, me interessei bastante pelo livro. Adorei a dica de leitura.

    Beijos. ^_^
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, Rodrigo!
    Gênero policial sem duvidas é o meu preferido. Esse mistério que tem por trás, essa coisa de a qualquer momento pode acontecer algo, de certa forma me intriga. Parabéns pela resenha, você soube colocar os pontos muito bem!

    - Garotinha Adolescente.

    ResponderExcluir
  9. Olá Rodrigo, que livro curioso...já começou pelo nome que achei fantástico, o qual eu nunca tinha ouvido falar. Parabéns pela resenha, ficou show!

    Abraços
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  10. Eu simplesmente adoro livros com contexto histórico. Eles ensinam sobre determinados fatos muito melhor do que livros didáticos, mesmo tendo a história em sia como pano de fundo de uma ficção. Esta, por ser nacional e ter embasamento em um período tão conturbado e que muitos nem gostam de pensar que aconteceu, me pareceu impactante e intrigante. A capa diz tanto! E este título!... vou correr atrás! Obrigada pela indicação!

    ResponderExcluir
  11. De cara achei o título intenso, tenso, não sei dizer. Amei a resenha e sabe quando dá aquele gelo na espinha? Nossa, não sei mais o falar, vou ficar quieta.
    Beijos, Bru - www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir
  12. A sinopse do livro é incrível e sua resenha também. Fiquei muito interessada pela leitura. É um livro que eu com certeza leria, mas talvez não por agora.
    bjs, bjs

    ResponderExcluir
  13. Oie Rodrigo, tudo bem? Adorei sua resenha e achei a premissa do livro INCRÍVEL, já quero muito ler. Cada dia que passa me interesso mais por política, devido ao momento histórico que estamos vivenciando no país e gostaria de entender mais de perto a ditadura que eu temo tanto voltar.

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Apesar do assunto ser interessante, não curto muito esse gênero.Prefiro ler livros para descontrair mesmo. Por isso, irei passar esse!

    Beijos, Kamila

    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  15. Olá ! <3
    Eu amo o seu blog, eu decidi seguir seu blog , Você me seguir também?
    Uma saudação. Thank you.
    xox
    Laura
    obsesionporlalectura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Um livro bem diferente mesmo. Eu gosto da temática da Ditadura Militar, mas acho que ficaria um pouco irritada com a proposta do João. Ir atrás de um velho decrépito em busca de vingança e disposto a fazer tudo me soa um pouco cruel e não acho certo revidar a violência com mais violência. Mas também não sei se o plano do João é exatamente usar a violência.

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  17. Nunca tinha ouvido falar de uma ficção sobre a ditadura militar, achei brilhante a ideia do autor e quero muito ler!

    abraços

    diurnosleitores.blospot.com

    ResponderExcluir
  18. Adoro um suspense psicológico, e ficção que resgata algo da história, então com certeza faria essa leitura, até mesmo porque a proposta é bem original.
    Dica anotada.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  19. Amo suas resenha, Ro. <3
    Essa está muito bem feita, como sempre, sem contar que adorei a tretazinha do livro. Vou ver se encontro pra comprar.

    Abração,

    Pedrim
    https://pedrimoliveira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Olá, Rô!
    Uau já pela capa chamou minha atenção! Adoro livros intensos e que nos fazem refletir. Esse parece ser muito forte! Adorei!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Esse é o momento certo pra ler esse livro. O Brasil está passando por tanta coisa, e temos que tomar tantas decisões, que é válido lembrar o que alguns brasileiros passaram numa época nada democrática.
    Gostei da resenha
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. Meu Caro Rodrigo.
    Obrigado por suas palavras elogiosas ao meu trabalho. Apreciei muito a resenha. Aproveito para informar que estamos na terceira edição do livro e os erros de revisão que vc muito acertadamente anotou foram corrigidos já, o exemplar cedido pela editora foi o da primeira fornada.
    Me coloco tb a disposição de seus leitores para sanar qq dúvida sobre o livro ou seu conteúdo, posso ser contactado através do Facebook ou danotoch@uol.com.br
    Forte Abraço!

    ResponderExcluir
  24. Olá,
    Tenho um pouco de aflição de ler livros com fatos que aconteceram, isso me desespera um pouco, ainda mais os que envolve violência.
    Mesmo assim creio que deva ser um ótimo trabalho de pesquisa.

    http://euinsisto.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Rô, preciso ler esse livro!!! Trabalho com história e ciência política e narrativas como essa me chamam muito a atenção. Vou procurar mais a respeito do autor, porque fiquei bem interessada.


    Beijos

    http://meninasnaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Que resenha maravilhosa!
    Instigante! Parabéns Rodrigo!
    E Parabéns ao autor pela oba! \o/

    ResponderExcluir
  27. Olá. Eu amo livros que retratam a ditadura porque gosto de conhecer mais sobre a época e sobre quem viveu contra ela. Fiz inúmeros trabalhos na escola sobre o tema e ainda li vários livros que falam sobre ele, então eu fiquei bem fascinada com a premissa desse livro, além do mais, sua resenha está maravilhosa!
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderExcluir

TWITTER