quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

RESENHA: "A Mulher Silenciosa" de A.S.A Harrison

Oi Gente!Como está a semana de vocês?
Hoje trago a resenha de um livro super interessante de um gênero mais diferente do que tenho trazido ultimamente.

Jodi e Todd estão juntos há 20 anos e aparentemente, levam uma vida invejável. Todd é um empreiteiro bem-sucedido que pode bancar alguns luxos, como o enorme apartamento com uma vista deslumbrante para o lago, um Porsche (dele) e um Audi (dela) na garagem, e o estilo de vida de Jodi. 
Psicoterapeuta, ela atende em casa apenas dois clientes por dia, e tem tempo de sobra para as sessões de pilates, as aulas de arranjos florais, os passeios com Freud, o Golden Retriever do casal, e o preparo das refeições gourmet de que tanto gosta. Jodi ainda fica ansiosa ao ouvir a chave do marido abrindo a porta. Todd diz que nunca encontrará uma mulher igual a ela.
Essa fachada perfeita, porém, está prestes a ruir. Todd é um adúltero incurável, e Jodi sabe disso. Ela é a esposa silenciosa, preparada para tolerar as traições do marido com o intuito de manter as aparências. Até que Todd sai de casa - para viver com uma mulher com metade da idade dela, filha de seu melhor amigo. Magoada, humilhada e, por fim, financeiramente abalada, Jodi começa a contemplar o assassinato como uma opção razoável.
Contado alternadamente nas perspectivas dele e dela, A Mulher Silenciosa é um livro sobre um casamento à beira do fim, um casal na direção da catástrofe, concessões que não podem ser feitas e promessas que não serão cumpridas. Um thriller psicológico sofisticado, que seduz o leitor desde a primeira página.
Essa provavelmente será minha resenha mais diferente que já fiz para o Blog. Os motivos são simples: A Sinopse  conta tudo,e o foco do livro não são os acontecimentos.São os personagens em si!

Jodi é uma mulher bonita e profissionalmente bem-sucedida,principalmente porque faz o que gosta. Porém mais do que isso ela é uma boa esposa. Pelo menos,o que a grande maioria,senão todos a julgariam assim. Dá ao marido o espaço que ele precisa(e quer!),lhe prepara o jantar sempre variando nos pratos,sempre lavando e passando as suas roupas impecavelmente,ou seja,lhe proporcionando todo o conforto que uma pessoa gosta.É fiel e companheira...sempre foi.

Todd é um quarentão charmoso. Dedicado desde muito novo a crescer na vida(e de certa forma conseguiu),leva muito a sério seu trabalho como empreendedor no ramo de Construção Civil. Está sempre presenteando sua esposa,lhe tratando com gentileza e cavalheirismo.Não deixando que lhe falte nada.As vezes gosta de escapar para beber com os amigos e,as vezes,escapar para trair sua mulher.

Depois de uma profunda depressão,Todd conseguiu encontrar na jovem Natasha,filha de seu amigo de infância, a sua vontade de seguir em frente.Entre tantas traições,que ele não julgava ser tão grave,pois não havia envolvimento além do sexo, foi Natasha que ele sentiu algo a mais. Com ela ele sabia,ia ser diferente.

Jodi percebeu há muito tempo que seu marido era mulherengo. Mas ela fechava os olhos para isso. Preferia fingir não saber e ele fingia que acreditava que ela não sabia. Há muito anos eles viveram seu relacionamento dessa forma. Não podiam ter filhos por conta da esterilidade de Jodi, e ainda por escolha dela,não eram casados.Para eles,bastava o tempo que viviam juntos e tudo que construíram ao longo dos anos.

Jodi amava o lugar onde viviam,um belo apartamento onde desfrutavam a monotonia e  a rotina.Sim,ela adorava isso!Seus horários,suas atividades rotineiras e a organização impecável das coisas lhe faziam bem,lhe dava prazer. Isso não fazia dela uma pessoa estranha,mas a caracterizava completamente.

Mas a corda forte e fixa que era seu casamento foi rompida,quando a amante de Todd ficou grávida,e sentiu que tinha autoridade o bastante para comandar o relacionamento que estava tenho com ele e querer que ele tomasse aquelas clássicas decisões que eles tem(ou não) que tomar: Separar da esposa,assumir a criança(e isso ele iria porque QUERIA) e começar a procurar um lugar para ambos começarem suas novas vidas juntos.

Entretanto não era isso que ele esperava,nem queria.Era muita coisa para assimilar.Largar Jodi era a maior das suas preocupações. Não sabia nem por onde começar.Deixar a mulher com quem sempre esteve desde que não tinha nada. Mas ele tinha que fazer,Natasha,agora a mãe de seu herdeiro,não aceitava de outra forma. E Ele tinha que fazer,afinal manter duas casas estava fora de seu orçamento,ainda mais com a preparação(eufórica) de seu novo casamento. Foi então que tudo começou a virar uma bagunça...

TODOS os personagens são afetados pelas novas decisões de Todd. Jodi principalmente. Como não eram casados no papel,e ele tinha saído de casa para viver com Natasha,ela tinha por obrigação deixar o apartamento,pois não tinha direitos legais sobre nada ali. É então que sua cabeça vira pelo avesso e seu coração muda de cor e ela precisa tomar sérias decisões,pois seu futuro depende de tudo que for acertado naquele momento.

A Autora criou uma obra incrível. A Trama não é fraca,muito pelo contrário,é surpreendente. Talvez seja até previsível,até certo ponto.Mas definitivamente pega o leitor de surpresa no final. Os protagonistas são muito bem desenvolvidos,com uma dose de excentricidade,únicos! Eu amo quando o foco,neste caso o casal, são milimetricamente bem descritos. E foi isso que me chamou a atenção na narrativa de A.S.A Harrison.

Um livro sobre casamento,traição,complacência,loucura! Nele você exercita a imaginação de como sua vida,ou de alguém que você conhece pode se parecer tanto com uma história fictícia...infelizmente. A Leitura flui muito boa e eu a fiz com muito carinho e muita calma,pois sinto que é isso que ela pede. A Capa  e diagramação estão okay,nada de especial.


Espero que tenham gostado da resenha e não esqueçam de comentar ;)

28 comentários:

  1. A mulher silenciosa é meu xodó, li esse livro faz pouco tempo e ainda não resenhei no blog, mas você falou tudo que tinha para dizer sobre livro, fica até difícil de eu conseguir fazer uma resenha agora no blog hahaha. Amei o livro do começo ao fim, e o modo como você conseguiu descrever o livro na resenha, é incrível.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Ouço falar muito bem sobre este livro e estou louca para ler!
    Gostei da resenha, você passou um pouco da intensidade da estória com suas palavras nos deixando com mais vontade ler ainda!

    Beijinhos...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho uma breve lembrança que já vi esse livro antes! Mas achei ele muito legal.
    Ótima resenha, pretendo ler um dia.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  4. Eu amei essa capa e o nome do livro, mas não tinha parado pra ler nada sobre. Amei o enredo e a estória! Adoro esse gênero, acredite?! ahuahuha. Quero muito ler e com certeza vai subir na lista de compras. Agora esse cachorro Freud, pra mim não rola, tinha que ser Skinner kkkkkkk.
    Beijos, Bru - www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    adorei a capa, já vi esse livro em promoção na amazon por menos de R$ 10,00, quase comprei. Gostei da resenha, parece ser intensa a obra, um bom enredo, mas no momento eu passo. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    já estava querendo esse livro a um tempo e agora lendo a sua resenha fiquei ainda mais curiosa com essa história. Deve ser uma barra para Jodi ver seu marido com outra e ter de sair de casa, imagino como as coisas devem ter desabado na cabeça da pobre mulher. E isso me deixa ainda mais curiosa para saber como ela vai lhe dar com essas coisas, será que vai baixar a doida? haha.. deve ser uma leitura muito boa, adoro livros que abordam sobre casamentos, sempre consigo aprender de alguma forma! Parabéns pela resenha!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Uau! A capa é linda e a história parece muito rara de se ler! Sempre bom ter um livro que fala sobre o que poucos comentam, divórcio e planejamento contra o outro em si, sabe? Curti a resenha e fiquei com mega vontade de ler! ^^
    Beijo, Min - www.yasminbueno.com

    ResponderExcluir
  8. Oiii, que capa é essa?
    Eu fiquei bem contente por você ter trazido uma obra diferente do que costuma postar no blog, é sempre bom inovar. Além disso, com essa tua resenha pude conhecer a obra e me interessar.
    Beijão

    ResponderExcluir
  9. Apesar de o enredo conter o velho clichê, me parece que a ideia é trabalhar no caos, pegar aquilo que está arrumado e bagunçar, tratar do psicológico dos personagens, dissecando-os, posso estar enganada, pois não li, mas foi a impressão que tive com a resenha. Por alguma razão, lembrei do Nelson Rodrigues.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Já ouvi falar desse livro, e fiquei bem interessada!
    Só espero que o final em si, nos de soluções para o desenrolar da história!
    Espero ler em breve!
    Beijos!
    www.lindaestante.com.br

    ResponderExcluir
  11. Alguém falou em thriller psicológico????? Meu Deus, preciso. E olha que nunca tinha ouvido falar desse livro. Bom saber que ele existe e que tem uma boa premissa. Anotado! Parabéns pela resenha. :D

    Abraços,

    Pedrim
    http://www.pedrimoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Realmente é um livro bem diferente, pois tem uma pegada mais vida real, fiquei bem interessada em ler.
    Gostei bastante da sua resenha.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  13. Olá, Rô!
    Uau que resenha incrível :D Adorei! A estória parece ser mesmo intensa ainda mais por ser mais focada nos relacionamentos e personagens. Concordo que pelo visto a autora acertou mesmo escrevendo algo fictício, mas bem real. Adorei!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  14. Oie
    poxa, você é a segunda pessoas que não curti tanto o livro, minha amiga leu e esperava muuuito, ela não gostou nada, eu queria muito ler mas hoje em dia não tenho mais vontade

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. O tema é interessante e, como você disse, infelizmente é uma história fictícia com muito de real. Muitas mulheres silenciam todos os dias. A questão psicológica dos personagens chama muito atenção.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    O livro já me conquistou ao dizer que alternam as perspectivas. Só tenho visto resenha positiva sobre ele.
    Gostei muito da sua resenha! (Laoliphant.com..br)

    ResponderExcluir
  17. Olá Rodrigo, tenho muita vontade de ler essa obra, sua resenha mostrou como o enredo pode parecer intenso. Depois de ler a sinopse fiquei curiosa...quem a esposa quer matar? O Marido adultero ou a amante que agora acha que é esposa?

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  18. Por algum motivo, sempre que via esse livro, pensava em Garota Exemplar. E não estou totalmente enganada né?! Os dois falam sobre problemas no casamento e tudo mais. Gostei bastante de saber mais da história!!
    Conhece Pequenas Grandes Mentiras? Acho que se você curtiu A Mulher Silenciosa, pode ter uma boa surpresa com esse livro também. Segue esse clima de personagens maravilhosos, situações desconfortáveis, relações esquisitas, aparências enganando e final surpreendente. Se quiser saber mais um pouquinho é só ler a resenha que eu fiz dele: http://ourbravenewblog.weebly.com/home/pequenas-grandes-mentiras-por-liane-moriarty

    Beijos!! Estou seguindo o blog :)

    (Carol)

    ResponderExcluir
  19. Fiquei interessado na obra, quero saber como isso tudo termina e da forma como acontece esses acontecimentos bem instigantes, adorei a resenha!

    Abraços & até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Eu não sei se me sentiria confortável lendo. Encontrei muitos pontos positivos que talvez até me convenceriam, mas sei que não é um momento propicio para que eu leia.
    Fico feliz que a leitura tenha funcionado pra você!

    ResponderExcluir
  21. Eu já estava empolgado para ler este livro, depois de uma indicação, agora, com essa resenha, eu fiquei mais empolgado ainda.

    ResponderExcluir
  22. Rodrigo, amei sua resenha. Quando olhei essa capa imaginei uma história totalmente diferente. Sua resenha mostra que a leitura é melhor do que eu pensava. Nem li o livro, mas quero esganar Todd, pode??? hahaha

    Beijos

    http://meninasnaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Ei, tudo bem?
    Eu tenho esse livro parado aqui em casa a um tempo já e com essa resenha maravilhosa, fiquei super intrigada para começar a leitura. Eu já sabia mais ou menos do que esperar do livro, e agora estou com uma vontade imensa de pegar para lê-lo.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  24. Oie que livro massa, confesso que nunca dei nada por esse livro, mas ultimamente muita gente está falando bem dele, achou que vou ler ele.

    Até mais,
    http://www.meninoliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Tudo bem? Não havia lido resenha nenhuma até agora desse livro... o tenho, até. Mas nunca nem parei pra ler a sinopse. hahaha Contudo depois da sua resenha vou ter que passá-lo na frente e lê-lo. Esse livro parece ser ótimo, quero saber as mudanças que teve depois da decisão do personagem. Tô curiosa! rs
    Beijos,
    Kamilla
    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
  26. Oii!

    Não conhecia esse livro, mas adorei a capa e a sinopse é maravilhosa :)
    Já anotei para ler em breve ^^
    Parabéns pela resenha!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  27. Olá,
    Acho que é a primeira resenha que leio desse livro, e gostei bastante. Desde o assunto que é tratado, até as dúvidas sobre o que fazer num futuro próximo. Pela capa eu não compraria, não é meu estilo de livro, mas pela sua resenha parece valer a pena.

    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  28. O que gostei do livro foi a abordagem psicológica por parte de Jodi, já que a narrativa sob o ponto de vista de Todd não é rica emocionalmente. Confesso que o odiei ambos.
    Ela é bem entediante e passiva.

    SPOILER

    A ideia do homicídio contra Todd só tem início devido ao mandado de despejo que a Jodi recebe. Quero dizer, quem gostaria de ser amiga/colega de uma pessoa assim? Passou boa parte dos 20 anos de relacionamento na passiva, sabendo sobre a infidelidade e aceitando calada. Agora que há perigo iminente de não ter onde morar, o desespero s instala.
    Todd, por sua vez, também não é agradável. Este abusa da infidelidade tanto romântica como fraternal - convenhamos, é muita sacanagem transar escondido com a filha do melhor amigo.

    É difícil terminar um livro quando os personagens apresentados são tão desgostosos de ler, mas as narrativas são muito bem escritas. Por conta disso, pondero a idéia de iniciar outras obras da autora.

    ResponderExcluir

TWITTER