terça-feira, 8 de dezembro de 2015

RESENHA: "A Lista Negra" de Jennifer Brown

Como estão de Leitura??? Trago-lhes dessa vez a resenha de um livro que tava namorando há algum tempo. Na verdade,essa resenha era pra ter saído antes, como combinado num grupo de leitura. Mas Infelizmente alguns contratempos não me deixaram concluir dentro do prazo. Mas postarei mesmo assim, pois essa obra MERECE ser resenhada e indicada.
E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio.
O Livro inicia contando a história a partir do retorno de Valerie ao Colégio Garvin. Para ela, é como acordar de um pesadelo para começar outro. Desde o terrível incidente em que Nick matou todas aquelas pessoas na praça de alimentação, sua vida se transformou num pesadelo sem fim e muito confuso!

Vou contar um pouco do início de tudo, até chegar à Tragédia...

Val criou a "lista negra" em um dia onde tudo estava indo muito errado na sua vida. Era como se fosse uma espécie de válvula de escape, quando toda a perseguição das garotas bonitas e populares, as aulas chatas e pedantes, os problemas na sua casa e mais um monte de coisas tornavam sua vida cada vez mais difícil. Sim. Na Lista não havia somente nome de pessoas que ela não gostava, havia diversas coisas. Tudo que não lhe agradava. Era mais como um desabafo, desejando que tudo que estivesse ali sumisse.



Ela era aquele tipo de garota quieta, que gostava de ficar no seu canto, ouvindo música no MP3 Player, se vestindo do jeito que lhe deixasse mais confortável, sem se preocupar em seguir o estereótipo das colegas de escola. Exatamente por isso era perseguida, sempre recebendo apelidos do tipo "Irmã da Morte". Esse era o mais comum.

Val conheceu Nick durante uma aula de matemática. Ele tinha um estilo bastante parecido com o dela,meio largadão, meio "tô nem aí" e foi exatamente isso que chamou a atenção dela, o que lhe fez se apaixonar por ele de cara. Ele também gostou dela, de seu estilo e puxou assunto. Logo descobriram uma amiga em comum e desde então passaram a andar juntos, e assim cada vez mais estreitando a relação, onde logo começaram a namorar.

Nick e Val tinham muito mais em comum além do estilo. Do mesmo jeito que Val sofria bullying com as garotas populares, Nick também era perseguido pelos garotos perfeitos, metidos a valentões e prepotentes, que implicavam principalmente por Nick não ter o mesmo porte físico intimidador como eles.

O Namoro dos dois era tudo de mais precioso que eles tinham. Independente das confusões, dificuldades, perseguições que sofriam. O relacionamento deles era lindo e era como se um fosse o salvador do outro. Val vivia um verdadeiro inferno em casa. Presenciando constantes brigas dos pais. Temendo pelo futuro do irmão mais novo que mal entendia toda aquela guerra dentro do próprio lar. Nick também não tinha uma convivência muito convencional com a sua mãe. Só tinha ela, e a mesma vivia sempre ausente, saindo com um e outro, bebendo em cada bar.

Nick adorava Shakespeare, amava todo aquele romantismo, aquele drama... aquela tragédia. Tinha um gosto estranho pela morte. Sempre falava nisso. Fosse em momentos apenas refletindo sobre a vida, fosse nos momentos de revolta. Ele também era muito romântico com Val. Ela se sentia completamente compreendida, segura e amada quando estava com ele. Somente ela escrevia todos os nomes da lista, e como compartilhavam tudo, Nick também começou a ter influência sobre o fatídico "diário vermelho".

Até que ele começou a questioná-la, perguntando se ela tinha coragem de sumir... desaparecer de repente do mundo. Ou de que tinha coragem de realmente fazer com que todos aqueles da lista também sumissem. O que ela acharia se aquelas pessoas morressem. Ela não respondia seriamente. Ou respondia, mas nunca pensava que ele de alguma forma falava sério.

No Dia 2 de Maio de 2008 Christy a maior "perseguidora" de Val, ultrapassa todos os limites naquele dia e quebra o seu MP3 Player. Já no colégio ela conta a Nick o que aconteceu e mostra o quanto está furiosa e quer justiça. Ele que estava especialmente misterioso naquele dia, resolve ir atrás de Christy, que está no refeitório, lotado. Val quer que ela pague e fica feliz por Nick, seu maior protetor ir atrás disso. Mas acontece o que ela nunca esperava acontecer... ninguém que estava ali esperava.
Nick saca uma arma e atira em Christy, depois em outra pessoa, e depois em outra. E tudo vira um grande caos. Gritaria e correria por todo lado. Val estava em pânico, sem saber o que estava acontecendo, sem entender absolutamente nada, tão perdida quanto todos os outros.

Nick matou e feriu várias pessoas naquele dia. Escolhendo seus alvos a partir da LISTA NEGRA. A Lista que Val escreveu. No meio de tanta confusão, Val levou um tiro na perna, salvou uma outra garota, Jennifer, que inclusive era uma das que mais fazia bullying com ela. Aquela atitude mudaria tudo. Pois foi salvando ela que Val fez com que Nick parasse o tiroteio... que terminou na verdade, atirando na própria cabeça.

Valerie então começa a enfrentar a fase mais difícil de sua vida. É Absolutamente impossível tentar compreender o que se passa na cabeça de uma adolescente que vê a pessoa que ama, seu porto seguro, se transformar num assassino louco que sai matando seus colegas de escola, e depois se mata.

 Fora o julgamento das pessoas depois disso, de saberem que ele matou pessoas que ela listou. Fora a mídia que cobre o caso, lhe colocando como Protagonista, afinal... é ela quem ainda está viva, quem pode responder por tudo. Fora o julgamento da própria família. Fora seu próprio julgamento. Até que ponto ela tem culpa nisso tudo? Ela interrompeu o tiroteio, isso conta?
Como ela nunca tinha percebido que ele realmente tinha coragem pra isso? O que aconteceu com o cara maravilhoso que Nick era?

A Trajetória que essa garota tem que percorrer para recuperar sua vida social depois do acontecido não é fácil. E não estou falando do personagem. Estou falando de nós leitores! Você acompanha tudo como se fizesse parte da história, como se o trauma fosse seu, ou de pessoas próximas a você. É muito envolvente. E também muito triste imaginar o que o bullying, ou as vezes simples brincadeiras e comentários que julgamos inofensivos, podem ter um significado tão grande nas outras pessoas. As vezes retraímos tanta raiva daqueles que nos perseguem, que fica confuso se essa raiva  também não vira perseguição e ódio contra essas mesmas pessoas.

Ao Ler a sinopse desse livro, você acha que o tema principal é bullying. E é. Mas as lições que você tira após a leitura vão muito além. Autocontrole, superação, amor, confiança e perdão, principalmente. Confesso que nos primeiros capítulos eu quase cheguei a achar que a sinopse seria melhor que a história em si. Mas fiquei muito feliz de ter me enganado, pois vai fluindo interessante de forma crescente. E o final arranca uma aguinha dos olhos da gente... hehehe.

Esse será sem dúvida um livro inesquecível pra mim. Eu gostei demaaaais!!! Indico à todos.
Espero que tenham curtido a resenha e ficarei muito feliz se comentar dizendo o que achou.
Bjo na Alma :)


31 comentários:

  1. Olá, a única palavra que define sua resenha "caramba" estou louca para ler esse livro, gostei muito da resenha, mas não tem spoiler aí não? Porque se tudo o que você colocou em sua resenha e se ainda tem mais, preciso urgentemente desse livro!

    Beijos^^

    http://meninasnaliteratura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado *-*
      Olha eu procuro no máximo não dar spoilers nas minhas resenhas...conto só o básico pra deixar a pessoa curiosa mesmo...rsrs.
      Leia viu!Não vai se arrepender.
      Bjo.

      Excluir
  2. Já ouvi falar muito desse livro e estou louca para ler!

    ResponderExcluir
  3. Oie, caraca, sua resenha está ótima!
    A lista negra foi uma leitura muito difícil para mim. É impossível ler sem sentir um nó na garganta. O que eu mais gostei foi a maneira brilhante da autora de mostrar a dualidade da pessoas e que sempre é possível seguir em frente. Ela conseguiu retratar vários assuntos tão bem! Aprendi muito com esse livro! Abraço.

    http://queremosmaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Que bom que gostou de minha resenha. e sim! não é um livro fácil de ler,pois a história é forte e um pouco até pessimista. Mas é necessária e necessita ser lida até o fim,apesar do aperto que dá no coração.

      Excluir
  4. Mdsssss, nunca tinha lido uma resenha desse livro. Já vi um monte de vezes a capa, mas nem imagina que falava sobre isso. Que vibe louca ein? Adorei a premissa da história, achei show de vrdd. Subiu na listinha de leitura e no meu conceito.
    Blog Menina da Livraria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Vibe é bem louca mesmo ahahah...
      Vale a pena!
      Bjo

      Excluir
  5. Oi tudo bem? Gostei muito da sua resenha, estou louca para ler esse livro, ja ouvi muito sobre ele bjoss .

    ResponderExcluir
  6. Olá, vim visitar =)
    esse é um livro que está na minha lista, não negra, pois ainda não o li rs mas estou bem curiosa depois da tua opinião, apesar de gostar mais de livros água com açúcar, chick lit...
    Beliscões da Máh <3
    Blog | Twitter ||Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê uma chance então...não vai se arrepender.
      Obrigado pela visita!
      Volte sempre :)

      Excluir
  7. Oi Rodrigo,

    Obrigada por fazer uma resenha desse livro. Faz tempo que ouço falar dele, mas nunca li nada concreto a respeito. O livro parece demais, daqueles que a gente consegue tirar uma lição para a vida. Preciso de mais livros como esse na minha estante.

    Beijos

    http://meninasnaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São várias lições...como disse será inesquecível!
      Espero que vc possa tê-lo logo.
      Bjo

      Excluir
  8. Rodrigo, sou louca para ler esse livro! Depois da sua resenha, fiquei com mais vontade ainda, pois parece ser um livro muito intenso!

    Beijos,

    http://sweetlikecaramel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Esse foi um dos meus livros favoritos de 2014 e, sem dúvidas, um dos favoritos da vida, eu amo esse livro, essa autora, a construção dos personagens, enfim, é muito amor envolvido!
    Estou seguindo e gostando muito do seu cantinho <3
    Beijos.
    Criei, recentemente, um blog para falar sobre filmes, séries, cultura e artes no geral. Se você puder dar uma conferida eu ficarei muito grata: http://cineleva.blogspot.com.br/ :)

    ResponderExcluir
  10. Uauuu!! Amei a resenha, amei o livro, amei tudo!! Morrendo de vontade de ler.
    Beijos, Bru - www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir
  11. Resenha muito bem feita! Parabéns. 😊👋
    Sempre quis ler esse livro, agora quero ainda mais.
    Bjos!!
    Pedro Oliveira
    http://pedrimoliveira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado!
      Espero que possa apreciá-lo logo!
      :)

      Excluir
  12. Olá Rodrigo!
    Sou louca para ler esse livro! Já até garanti meu exemplar haha Pelo visto é bem intenso e nos trás muitas lições. Sua resenha está excelente. Amei!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Nath!
      se vc já o tem,então tá esperando o quê mulher!?
      Corre pra ler!
      haha... bjo

      Excluir
  13. Pense numa pessoa louca para ler esse livro? Aqui estou eu. hahahaha

    Beijos,
    http://postandotrechos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Queria ter outra palavra para expressar como fiquei ao ler a resenha, mas só consigo pensar em ARRASOU MESMO VIU!!
    Talvez A Lista Negra tenha entrado na minha wishlist por sua culpa.
    Parabéns pela sua excelente escrita.

    Bjs
    http://coolturalblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Mailson!
      Espero muito que vcê o possa ler!
      Bj

      Excluir
  15. Olá!!!
    Passei pelo seu blog e fiquei apaixonadíssima por ele!
    Espero um dia conseguir fazer posts tão bons quanto os seus no meu blog :)))
    Já sou sua seguidora!
    Se quiser fazer uma visitinha ao meu blog eu ficaria lisonjeada!
    Um Grande Abraço!
    Margarida Ferreira
    http://vivendocomaspalavras.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  16. Olá Rô!
    Sempre ouço falar deste livro, mas nunca tive vontade de ler.
    Depois da sua resenha, acho que devo pesquisar melhor e talvez até ler.
    Beijos,
    http://quetal-carol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Ai meu Deus que livro maravilhoso e essa resenha só aumentou mi ha curiosidade.

    meninoliterario.com.br

    ResponderExcluir
  18. Incrivelmente sensacional.Mexe com os sentimentos mais íntimos que os seres humanos possuem

    ResponderExcluir
  19. Sempre tive curiosidade em ler este livro, agora tenho vontade mesmo. Gostei da resenha.

    ResponderExcluir

TWITTER