terça-feira, 20 de outubro de 2015

PARCERIA: Autor M.P. Telles com "O Herdeiro de Eddon - Reino das Sombras)

Olá pessoas.

Com muita satisfação que vos lhe apresento meu primeiro Parceiro Literário.

É O Autor M.P Telles com sua obra de Estreia "O Herdeiro de Eddon - Reino das Sombras"

SOBRE O AUTOR


Marcos Paulo Telles nasceu em uma pequena cidade do interior de São Paulo,e sempre gostou do universo da fantasia,desde criança vivia em uma espécie de "realidade paralela" onde inventava suas próprias histórias e criava personagens. Seu Primeiro Livro "As Crônicas de Nárnia - Príncipe Caspian de C.S Lewis" foi dado por sua mãe,Diva Telles,ainda quando era muito pequeno,desde então o gosto pela leitura de fantasia tomou conta de seus pernsamentos,despertando a sua criatividade e contade de passar para o papel todas a suas "aventuras imaginárias".

Durante anos suas ideias foram rascunhadas em cadernos e blocos de nota,cada detalhe,personagem e cenários,sem saber que um dia ele juntaria todas essas informações para criar o universo de sua primeira saga,O Herdeiro de Eddon. Segundo M.P. Telles, o universo de Eddon sempre existiu dentro de sua mente,mas começou a tomar uma forma mais concreta a cerca de cinco ou seis anos atrás no período em que frequentava a universidade. Para M.P. Telles a coisa mais fascinante que existe em criar histórias é saber que muitos poderão ter acesso a um mundo que a pouco tempo atrás estava somente dentro de sua cabeça.

A OBRA



Desde o final de Dezembro algo fora do comum se alastra em todos os cantos na cidade de Pompilha. Pessoas estranhas entrando e saindo de lugares suspeitos, sem contar com as grossas nuvens cinzas que circulam a cidade e que não são comuns aquela época do ano. Há uma movimentação ainda mais curiosa na longa Rua das Gamélias, pode parecer loucura, mas Dona Leona jurou ver dois cachorros grandes e magricelas "conversando" enquanto caminhavam lentamente em direção ao beco escuro no final da rua. Hugo Tomas se jogou entediado em sua velha e apertada cama como sempre fazia.
Era sábado a noite e ele só queria que aquele dia acabasse logo, talvez na manhã seguinte nada acontecesse de muito interessante além de ser o seu aniversário de quinze anos. Mal sabia ele que enquanto ele dormia algo obscuro se aproximava e transformaria a sua vida monótona e cheias de perguntas, em uma jornada perigosa ao desconhecido.


Um comentário:

TWITTER